por em Geral.

Passo a passo indicamos-lhe o que se deve verificar quando se compra carros usados baratos:

1. No Interior do habitáculo

Sente-se dentro do carro e ligue a ignição, sinta o motor a trabalhar. Veja se há alguma luz acesa no painel e aproveite para verificar o travão de mão. Com o carro ligado e parado, carregue no travão e mantenha o pé no pedal por algum tempo. Se ele baixar aos poucos, denuncia uma fuga de óleo nos travões. Teste os cintos de segurança, verifique os limpa pára-brisas, piscas, luzes do habitáculo, aquecimento, chauffage e todos os acessórios. Olhe em volta, e veja se os bancos estão deformados ou soltos, e se os estofos estão rasgados ou sujos.

2. Inspeccione o motor

Com o motor ligado verifique se há algum barulho estranho. Veja também o nível de óleo, a sua cor e viscosidade, assim como o depósito do líquido de refrigeração do motor, e se este se encontra sujo ou de deteriorado. Confira o aspecto e a validade da bateria (por norma a sua vida útil é de três a quatro anos). Por fim, confirme se o número gravado no chassis é idêntico ao do livrete do veículo.

3. Do Lado exterior

Observe o veículo à luz do dia para verificar pormenores importantes do exterior. O carro deve estar lavado e seco, já que torna mais fácil detectar as imperfeições, mossas, riscos, diferenças de cor na pintura, assim como nas arestas do capô. Bata levemente na carroçaria, se notar diferenças nos sons emitidos, poderá ser sinónimo de que um dano do carro foi corrigido com massa. Se a pintura mostrar bolhas pode significar existência de ferrugem, esta faz-se notar sobretudo junto às borrachas, debaixo das portas e nas quinas inferiores da carroçaria. Verifique também o estado das borrachas, juntas e portas. Por fim, dê atenção ao estado dos pneus e jantes, já que muitas vezes denunciam problemas de suspensão, alinhamento e calibragem das rodas.

 Adicionalmente certifique-se de que os equipamentos de segurança obrigatórios estão em boas condições e de acordo com as normas, estamos a falar do pneu sobresselente, macaco, triângulo, ‘kit’ de ferramentas, colete reflector. Confirme também a existência de um conjunto completo de chaves de viaturas bem como o comando de alarme, se este existir.

4. Teste o carro em movimento

Efectue o test drive do carro, tente circular na cidade e se possível experimente também andar num pavimento diferente. Ande em frente e em marcha atrás enquanto vira o volante em ambos os sentidos. Se ao travar normalmente, ouvir ruídos metálicos, significa que os calços dos travões estão gastos. Esteja atento para quaisquer trepidações no volante. Largue a direcção em linha recta, e confirme se o carro “foge” para um dos lados. Se tal acontecer, é um claro indício de problemas nos travões, suspensão, direcção ou chassis empenados devido a acidente.

Por fim se o carro não o convenceu, pode sempre procurar por outros carros baratos no CustoJusto.pt

3 Respostas em “Aspectos a verificar quando compra um carro usado”

Comentar

  • (Não será divulgado)