por em Geral.

Uma óptima maneira de poupar algum dinheiro, que começa a ganhar cada vez mais adeptos, é trocar o automóvel ou os transportes públicos pela bicicleta, nas deslocações casa-trabalho.

É uma opção que não está ao alcance de todos, mas para quem tem de fazer distâncias relativamente curtas são muitas as vantagens:

1) Grande redução de custos, principalmente com combustíveis, passes de transportes públicos, portagens e estacionamento. O único combustível que necessita são as suas próprias pernas!

2) Não está dependente do trânsito, e em muitos casos, principalmente nos centros das grandes cidades, consegue fazer percursos mais rapidamente de bicicleta do que de carro!

3) Fáceis de estacionar. E todos sabemos como estacionar um carro à hora de ponta pode ser um verdadeiro pesadelo…

4) É saudável. Desta forma está a fazer exercício nas suas deslocações diárias e ao fim de uns dias sentir-se-á muito melhor.

5) É ecológico. Quanto menos motores circularem nas nossas cidades, menos poluímos. Tornamos as nossas ruas mais limpas e respiráveis.

E se está a pensar que o percurso que faz diariamente é muito longo para uma bicicleta, lembramos que uma pessoa consegue, em média, fazer 20km numa hora enquanto pedala. Isso significa que pode percorrer 5km em 15 minutos! No centro das cidades nem sempre consegue fazer esse tempo num automóvel!

Agora é só escolher uma bicicleta que se adapte ao seu estilo: desportivo, todo-o-terreno ou clássico? E há ainda a opção “eléctrica”, para os que gostam menos de pedalar e preferem enfrentar as subidas com a ajuda de um motor.

Não se esqueça também dos acessórios, como o capacete, o conta km, as barras para transporte no tejadilho do carro e o kit de limpeza.

Se ficou convencido com as vantagens de pedalar em vez de guiar, então visite os nossos anúncios, escolha o seu distrito e bons negócios!

Comentar

  • (Não será divulgado)