BMW e a tecnologia elétrica: conheça as inovações da marca

A indústria automóvel atravessa atualmente uma fase de transição com a eletrificação, e a BMW, como sempre, procura estar na linha da frente. A conceituada marca alemã tem apresentado notáveis inovações tecnológicas na sua gama de veículos elétricos, como é o caso do BMW i3 e do BMW i8.

O avanço da tecnologia elétrica da BMW

A BMW tem realizado investimentos significativos na tecnologia elétrica, com uma aposta crescente nos veículos movidos a eletricidade. Uma aposta que evidencia o compromisso da marca de reduzir as emissões de carbono e promover uma mobilidade mais sustentável. A eletrificação tem sido uma peça-chave na estratégia da BMW, com modelos como o BMW i3 e o BMW i8 a marcarem o início deste avanço. Ambos se destacam pelo design dinâmico e pela utilização de materiais leves, contando ainda com uma evolução significativa na conectividade, permitindo aos condutores o acesso a informações sobre o estado da bateria e estações de carregamento disponíveis.
A experiência do condutor também tem sido aprimorada: a BMW integra sistemas mais avançados de assistência à condução e modos de condução personalizáveis que tiram o máximo partido da tecnologia elétrica para proporcionar um desempenho cómodo e eficiente. A fabricante da Baviera tem liderado o mercado dos carros elétricos, combinando inovação e sustentabilidade, de forma a tornar a experiência dos seus clientes mais eletrizante e amiga do ambiente.

A tecnologia elétrica do BMW i3

O BMW i3 é um veículo totalmente elétrico com um design exterior distintivo e moderno, sendo uma opção popular para quem procura uma alternativa ecológica. O modelo padrão possui um motor elétrico com uma potência de 170 cavalos (125 kW), proporcionando uma autonomia de 307 km e uma bateria que pode ser carregada até 80% em apenas 42 minutos num posto de carregamento rápido. A bateria de íon-lítio oferece uma durabilidade adequada para a condução urbana tornando-o uma escolha prática para os condutores. Este BMW i3 vem equipado com um painel de instrumentos digital (construído com 25% de plásticos reciclados), um sistema de som ‘Harman Kardon’ (com dois subwoofers centrais e
doze colunas de som) e o BMW ConnectedDrive, que auxilia o condutor na localização de
pontos de carregamento.
O interior reflete um ambiente futurista e afável com o planeta, recorrendo a materiais ecológicos e tecnologia de ponta que tornam a condução mais agradável e eficiente.

Tecnologia elétrica do BMW i8

O BMW i8 destaca-se pelo seu formato excêntrico e desportivo, com linhas aerodinâmicas e portas de abertura vertical. Trata-se de um híbrido plug-in que combina um motor elétrico e um motor a gasolina. A tração dianteira deste coupé é elétrica acelerando até aos 120 km/h. O sistema disponibiliza 362 cavalos (266 kW) e, desde 2018, 374 cavalos (275 kW).


Os modos de condução versáteis permitem escolher entre uma condução totalmente elétrica ou no modo híbrido, que amplifica a potência e o desempenho. O recarregamento da bateria demora cerca de 2 horas num carregador rápido, com uma autonomia que varia entre os 37 e os 55km.
No interior, o i8 combina materiais de alta qualidade com tecnologia avançada, oferecendo um ambiente luxuoso e elegante.


Como a eletrificação está a mudar a indústria automóvel?

A eletrificação está a produzir um impacto profundo na indústria automóvel, com uma série de inovações, a mais notável das quais a introdução de veículos elétricos. Ao utilizarem motores elétricos alimentados por bateria, reduzem a emissão de gases poluentes e a dependência de combustíveis fósseis, contribuindo para a redução da poluição do ar e sonora, pois são mais silenciosos do que os motores a combustão.
Os carros elétricos permitem também reduzir a enorme pegada ecológica provocada pela indústria automóvel, substituindo-os por uma energia renovável que contribui positivamente para a preservação do planeta.
Por outro lado, o desenvolvimento de baterias mais eficientes e com maior capacidade de armazenamento veio permitir um aumento da autonomia desta gama de automóveis, que percorrem distâncias cada vez mais longas com uma única carga e necessitam de um tempo de carregamento cada vez menor.
Além disso, os veículos elétricos estão cada vez mais conectados à internet, permitindo atualizações remotas de software, o diagnóstico de problemas e até mesmo a comunicação com outros dispositivos, melhorando a experiência do automobilista e aumentando a sua segurança.
A transição energética está a gerar uma competição intensa entre os fabricantes no desenvolvimento de automóveis com preços mais competitivos e mais competentes no desempenho, acelerando exponencialmente a inovação na indústria automóvel.

Mais artigos do seu interesse

Eis o que deve comprar em segunda mão

Confira alguns dos carros usados mais eficientes disponíveis no Custo Justo

5 Dicas para negociar o melhor contrato de arrendamento

Quais os melhores carros familiares à venda no Custo Justo?