Yorkshire: saiba tudo sobre esta raça de cães pequenos 

Com uma personalidade adorável e encantadora, pelo exuberante e tamanho compacto, é fácil de entender por que é que os yorkshires são tão populares ao redor do mundo. Se está à procura de um companheiro de quatro patas, esta raça pode ser uma excelente escolha para si, contudo, há algumas questões que deve ter em consideração. Lembre-se de que eles exigem cuidados regulares e que podem ter problemas de saúde específicos, o que torna fundamental que se certifique de que está preparado para assumir essa responsabilidade antes de tomar uma decisão. Amigáveis, inteligentes e com facilidade de adaptação, os yorkshires tanto são excelentes companheiros para pessoas que vivem sozinhas como para famílias numerosas. Com o CustoJusto vai ficar a conhecer tudo aquilo que precisa de saber em relação a esta raça!

Yorkshire Terrier: qual a origem dessa raça?

Esta raça teve origem em Inglaterra, mais especificamente na região de Yorshire, no decorrer da Revolução Industrial, no final do século XIX. Utilizados originalmente para caçar ratos e outros pequenos roedores em fábricas têxteis, minas de carvão e casas e coelhos em terrenos rochosos, estes animais surgiram a partir do cruzamento de diversas raças, incluindo o terrier escocês. A popularidade dos yorkies enquanto animais de estimação cresceu rapidamente e, em 1886, a raça foi oficialmente reconhecida pelo Kennel Club britânico, uma associação de criadores caninos, sendo, nos dias de hoje, uma das raças de cães mais queridas e desejadas a nível global. 

Características físicas de um Yorkshire

Os yorkshire terriers são cães de pequeno porte com uma aparência bastante específica. A pelugem dos yorkies é uma das suas características mais notáveis, sendo a raça conhecida por ter um pelo longo e sedoso, cor azul-aço no dorso, cauda e orelhas e dourado no resto do corpo. Estes animais não têm subpelo, o que significa que não largam muito pelo e os acaba por tornar numa excelente opção para pessoas que tenham alergias. 

O corpo dos yorkshires é proporcional e compacto, com uma cabeça pequena e plana. Têm um crânio ligeiramente arredondado e focinho curto, com dentes afiados. Os olhos são escuros e brilhantes, com uma expressão inteligente e alerta. As orelhas são pequenas, em forma de “V” e eretas. A cauda dos Yorkies é cortada a um comprimento médio, o que lhes dá uma aparência elegante e é mantida em sentido reto. Com um peso médio entre os 2 e os 3 kg e uma altura de cerca de 20 cm, estes têm um porte elegante e gracioso, apesar de serem uma das raças de cães mais pequenas.

Embora aparentem ser frágeis e delicados, são cães fortes e resistentes. São ágeis e têm muita energia, tornando-os excelentes para atividades físicas, como caminhadas e corridas. No entanto, eles também são conhecidos por serem bons cães de colo, adoram passar tempo com os donos num ambiente mais relaxado.

Quais os tipos de Yorkshire?

Existem várias variações do yorkshire terrier, incluindo o yorkshire mini e o yorkshire preto. Embora a raça seja conhecida pelo pelo azul aço e dourado, existem algumas variações de cores que surgem devido a mutações genéticas.

Yorshire mini

O yorkshire mini é uma variação menor da raça, geralmente com um peso inferior a 2 kg, embora mantenham todas as outras características associadas à raça, o que faz dele uma ótima opção para aqueles que procuram um cão de companhia pequeno e adorável.

Yorshire preto

O yorkshire preto é outra variação da raça, embora seja menos comum. Como o nome sugere, tem uma pelugem preta em vez da tradicional cor azul aço e dourada, contudo tende a ser geralmente um pouco mais suave do que a dos yorkies regulares e pode ter um brilho prateado. Esta é uma excelente opção para aqueles que pretendam ter um amigo de quatro patas com uma aparência única.

Além destas variações, existem algumas outras características que podem distinguir diferentes tipos de yorkies. Alguns têm orelhas caídas, enquanto outros têm orelhas eretas. A forma da cabeça e do focinho também pode variar um pouco entre os mesmos.

Qual é o preço de um Yorkshire

O preço dos yorkshire terriers pode variar muito dependendo de vários fatores, incluindo a região geográfica, o pedigree, o tamanho e a idade do cão. Em média, um filhote desta raça de um criador registrado na Europa pode custar entre 800 e 1500 euros. No entanto, alguns criadores podem cobrar muito mais por cães com pedigree de campeão ou outras características desejáveis.

Além do preço inicial de compra, os proprietários também devem estar cientes dos custos contínuos, como alimentação de qualidade, cuidados veterinários regulares, treinamento, cuidados com a pelugem e acessórios como brinquedos, camas e tigelas.

Embora o preço de compra possa parecer alto para alguns, é importante lembrar que um cão saudável e bem cuidado pode trazer muita alegria e companheirismo por muitos anos. É sempre recomendável comprar um Yorkshire Terrier de um criador com boa reputação para garantir que o cão tenha sido criado de forma ética e saudável.

Mais artigos do seu interesse

Eis o que deve comprar em segunda mão

5 Dicas para negociar o melhor contrato de arrendamento

Quais os melhores carros familiares à venda no Custo Justo?

6 dicas para escolher o carro usado ideal no Custo Justo